Viva a Diversidade! Pratique a Paz!

Minha foto
Seja bem vind@!! Entre no Armário é um espaço onde dois amigos gays (Johnny B. e Penélope C.) discursam sobre assuntos inerentes ao público LGBT. Entre... a porta está aberta para todos os temas e debates!! Deixe seu comentário e participe!!!

sábado, 10 de maio de 2008

LISTA DE MULHERES LÉSBICAS DA HISTÓRIA


Por Penélope C.


Faz algum tempo que queria publicar esta lista, pois penso que se trata de algo muito interessante, já que muitos têm curiosidade sobre esse tema. Quais mulheres que fizeram ou fazem parte da história, foram ou são homossexuais? Vocês verão que a resposta para essa pergunta poderá ser uma surpresa para muitas pessoas, pois a grande maioria são mulheres famosas, de personalidade forte, que, com certeza, deixaram suas marcas na história pela coragem e ativismo.

Não se pode negar que o fato dessas mulheres famosas saírem do armário, ajudou, e muito, a melhor “aceitação”de outras lésbicas (pobres mortais). Isso porque, infelizmente, a acolhida a uma pessoa bem sucedida, que diz ser homossexual é diferente a uma que seja pobre. Nem sempre, mas na maioria das vezes! As pessoas acham bonito e “na moda” o que alguns gays famosos fazem, porém isso não é tratado da mesma maneira com os simples mortais. Inclusive, todos acham lindo, mulheres famosas distribuindo selinhos em convidados (homens e mulheres), porém se fosse uma mulher comum, as pessoas teriam asco! Essa é a realidade! É impressionante o poder que exerce a mídia, no ser humano... E o quanto este se deixa enganar por ela!!

Esta lista foi retirada das fontes expressas ao final da postagem, e vale a pena prestar atenção nos detalhes, como por exemplo, o fato de quase a totalidade dessas mulheres homossexuais serem envolvidas com a Arte. Muito interessante!! Será que eu também souu?

Bom, é isso aí! Deliciem-se com a leitura e visitem bastante o nosso blog, pois eu quero entrar nessa lista aí, ok?!!Rss. Beijinhos!

Lista de mulheres que amaram ou amam outras mulheres

- Adrienne Monnier - primeira editora de “Ulysses” juntamente com sua amante Sylvia Beach.
- Agnes Moorehead - atriz americana, a Endora de “A Feiticeira”.
- Alberta Hunter - cantora negra, americana, de jazz.
- Alice James - irmã de Henry e Willian James.
- Alice Toklas - braço direito e esposa de Gertrude Stein.
- Alice Walker - escritora negra americana, autora de “A Cor Púrpura”.
- Alla Nazimova - atriz do cinema mudo, amante de Dolly Wilde.
- Amandine Aurore Dupin - escritora croos-dresser e bissexual conhecida como George Sand.
- Amélia Earhart - aviadora americana, primeira mulher a fazer um vôo solo transatlântico.
- Anais Nin - escritora francesa, amante de Henry Miller e sua mulher, June.
- Angela Davis - ativista negra americana.
- Angela RoRo - cantora brasileira.
- Ani Difranco - cantora lésbica americana.
- Anne - rainha inglesa do século XVIII.
- Anne Bonny e Mary Reed - piratas lésbicas que eram amantes.
- Annie Leibovitz - fotógrafa americana.
- Barbara Stanwick - atriz americana das décadas de 1940.
- Benedetta e Bartolomea - freiras italianas acusadas de lesbianismo no século XVII.
- Bernice Abbott - fotógrafa, que foi assistente de Man Ray e amante de Thelma Wood.
- Bessie Smith - cantora negra americana de blues.
- Billie Holiday - cantora negra de blues, que gostava que as amantes a chamassem de “William”.
- Billie Jean King - tenista americana, mentora de Martina Navratilova.
- Boadicea - líder celta que lutou contra os romanos quando invadiram a Bretanha.
- Camille Paglia - escritora e acadêmica americana.
- Cassandra Rios - escritora brasileira.
- Cássia Eller - cantora brasileira.
- Catarina, a Grande - Imperatriz da Rússia.
- Cilmara Bedaque - jornalista e compositora brasileira.
- Colette - considerada a maior escritora francesa, autora do clássico gay “Le pure et le Impure”
- Cristina, da Suécia - rainha sueca que abdicou ao trono, depois de recusar um casamento com um homem. Amante de sua camareira Ebba Sparre.
- Djuna Barnes - escritora americana modernista, autora dos clássicos lésbicos “Ladies Almanack” e “Nightwood”.
- Dolly Wilde - sobrinha de Oscar Wilde e amante de Natalie Barney.
- Dorothy Azner - diretora de filmes em Hollywood nas décadas de 1920 e 30.
- Edith Warthon - escritora americana, autora de “A Idade da Inocência”.
- Edna St. Vincent Millay - poeta americana da década de 1920 e 30.
- Eleanor Butler e Sarah Posonby - as famosas Senhoras de Llangolen, inglesas do século XIX.
- Eleanor Roosevelt - primeira-dama americana, esposa de FDR e patrona da Declaração dos Direitos - Humanos.
- Elizabeth Bishop - poeta americana que viveu no Brasil, amante de Lota Macedo Soares.
- Elizabeth de Gramont - duquesa de Clermont-Tornerre, escritora, amante de Natalie Barney.
- Ellen DeGeneres - atriz e comediante americana.
- Emily Dickinson - poeta americana que passou a vida reclusa.
- Érika Mann - atriz alemã, filha de Thomas Mann.
- Eva le Gallienne - atriz da Broadway nos anos de 1920 e 30.
- Felipa de Souza - brasileira punida pela Inquisição no século XVII.
- Frida Kahlo - pintora mexicana modernista.
- Geórgia O´Keefe - pintora americana bissexual.
- Gertrude Stein - escritora Americana, esposa de Alice Toklas e amiga de Picasso.
- Gisele Freund - fotógrafa alemã, pertencente ao círculo de Natalie Barney.
- Greta Garbo - atriz sueca, famosa por sua frase “I want to be alone”.
- Grethe Cammermeyer - militar exonerada por ser lésbica, vivida em filme por Glenn Close.
- Herzer - transexual brasileira, autora de “Queda para o Alto”.
- Hilda Dolittle - poeta bissexual inglesa, conhecida como H.D.
- Ida Rubinstein - bailarina russa, modelo preferida da pintora Romaine Brooks.
- Isadora Duncan - dançarina e amante de Mercedes de Acosta, que a ajudou a escrever sua famosa biografia.
- James M. Barry - médica cross-dresser cujo nome verdadeiro era Miranda.
- Jane Bowles - escritora americana, esposa de Paul Bowles e amante da marroquina Cherifa.
- Jane Heap - editora do jornal literário “The Little Rewiew” e amante de Margaret Anderson.
- Janet Flanner - jornalista americana, correspondente do New Yorker e amante de Solita Solano.
- Janet Gaynor - primeira mulher a ganhar um Oscar, em 1928.
- Janis Joplin - cantora americana de rock e blues.
- Jeanette Winterson - escritora inglesa.
- Joan Armatrading - cantora americana.
- Joana Gajuru - mestre da festa folclórica do Guerreiro, em Alagoas.
- Jodie Foster - atriz e diretora americana.
- Joe Carstairs - piloto de lanchas campeã e milionária excêntrica.
- Josephine Baker - cantora e vedete negra dos anos 20.
- Juana Inez de la Cruz -poeta mexicana do século XVII.
- k.d Lang - cantora canadense.
- Katherine Mansfield - escritora neo-zelandeza, amiga de Virginia Woolf.
- Lady Una Troubridge - tradutora, esposa de Radclyffe Hall.
- Laura Bacellar - editora brasileira, fundadora da primeira editora gay brasileira.
- Laura Finocchiaro - cantora pop brasileira.
- Liane de Pougy - cortesã mais badalada de Paris no final do século XIX.
- Lillian Fadermann - historiadora e escritora americana.
- Lily Tomlin - atriz e comediante Americana.
- Lorena Hickock - jornalista oficial da Casa Branca e amante de Eleanor Roosevelt.
- Lota Macedo Soares - arquiteta brasileira e amante da poeta Elizabeth Bishop.
- Ma Rainey - a mãe do blues, amante de Bessie Smith e cross-dresser.
- Madame de Stäel - mecenas francesa do século XIX.
- Margaret Anderson - editora do jornal literário modernista “The Little Rewiew”.
- Margaret Fuller - transcendentalista, educadora e feminista Americana.
- Margaret Mead - a antropóloga mais famosa da América.
- Marguerite Moreno - atriz francesa do começo do século XX.
- Marguerite Yourcenar - escritora francesa, primeira a ser aceita na Academia de Letras.
- Maria Agnesi - matemática que formulou a famosa “curva de Agnesi”.
- Maria Antonieta - rainha francesa que foi guilhotinada.
- Maria Graham - historiadora inglesa e dama de companhia da Imperatriz Leopoldina.
- Maria Leopoldina - imperatriz do Brasil, esposa de D. Pedro I.
- Maria Quitéria - heroína da Independência do Brasil, que se vestia de homem.
- Maria Schneider - atriz francesa de “O Último Tango em Paris”.
- Marianne Moore - uma das maiores poetas Americanas.
- Marie Laurencin - pintora modernista, protegida de Genrtrude Stein.
- Marlene Dietrich - atriz alemã, amante de Mercedes de Acosta.
- Martina Navratilova - tenista tcheca, depois americana, maior campeã de todos os tempos.
- Melissa Etheridge - cantora americana.
- Mercedes de Acosta - roteirista de cinema, amante de Greta Garbo e Marlene Dietrich.
- Mlle de Maupin - espadachim francesa, cross-dresser e cantora de ópera do século XVIII.
- Monika Truet - cineasta alemã.
- Natalie Barney - escritora americana, saloniére do mais badalado salão literário de Paris na primeira década do século XX.
- Pamela Wedekind - atriz alemã, filha de Frank Wedekind e amante de Érika Mann.
- Patrícia Cornwell - escritora americana de policiais.
- Patrícia Highsmith - escritora americana, criadora do talentoso Mr. Ripley.
- Patrícia Rozema - cineasta canadense, diretora de “Quando a Noite Cai”.
- Penthesileia - Rainha Amazona.
- Phranc - cantora americana pós-punk de surf music.
- Quitéria Sequa - mulher do Alcaide de Ilhéus, primeira lésbica que se tem notícia no Brasil.
- Radclyffe Hall - escritora inglesa, autora do romance lésbico O Poço da Solidão e “marida” de Lady Uma Troubridge.
- Renee Viven - poeta decadentista, amante de Natalie Barney.
- Rita Mae Brown - escritora americana da década de 60 e 70, lésbica assumida e ativista.
- Romaine Brooks - pintora americana, amante de Natalie Barney.
- Rosa Bonheur - pintora francesa que se vestia de homem.
- Rosie O´Donnell - atriz e comediante americana.
- Ruth Benedict - antropóloga e amante de Margaret Mead.
- Sappho - a maior poeta lírica da antiguidade.
- Susan B. Anthony - sufragista americana.
- Susan Sontag - escritora e ensaísta americana.
- Suzy Capó - atriz e jornalista brasileira.
- Sylvia Beach - dona da Shakespeare e Co. e a primeira a editar “Ulysses”, de James Joyce.
- Tallulah Bankhead - atriz do cinema mudo, a viúva negra da série Batman, dos anos 60.
- Thelma Wood - escultora americana, amante de Djuna Barnes.
- Tracy Chapman - cantora folk americana.
- Valéria Buskin - escritora brasileira.
- Vange Leonel - cantora e escritora brasileira.
- Virginia Woolf - escritora inglesa, autora do clássico “Orlando”.
- Vita Sackville-West - escritora inglesa, amante de Virginia Woolf e Violet Trefusis.
- Willa Cather - escritora americana.
- Wu Tsao - poeta chinesa do século XIX.

Referências:

NOTABLE LESBIANS OF ALL COLORS
http://isd.usc.edu/~retter/database.html

Women Loving Women in Herstory
http://www.geocities.com/WestHollywood/1769/nl2.html

FAMOUS HOMOSEXUALS
http://www.gaybiz.com/say/history/

Grupo Gay da Bahia
http://www.ggb.org.br/

5 comentários:

  1. é isso aia a gente tem que sai do armario pode ficaar com vergonha mais tem que superar

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem, mas as brasileiras famosas?Tem muitas...
    Será que Xuxa sairá do armário?

    ResponderExcluir
  3. Puxa eu já suspeitava que a minhas atrizes preferidas seriam lésbicas (Greta Garbo e Jodie Foster).Não sou homossexual mas acho interessante que sites como esse usem da inteligencia e não de erotismo ou baixaria pra falar ao público LGBT, que ao longo da história sofreram muitos reveses e não podiam viver livremente.abraço.

    ResponderExcluir
  4. Tem um erro e uma que falta. A Janis Joplin nao era lésbica, mas sim bissexual, prestem atenção na música Cry Baby. E faltou (pelo menos eu não vi) Joana D'arc, a guerreira francesa que foi guilhotinada pela Igreja Católica por volta do ano de 1430.

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkaiai

    ResponderExcluir